Tire as vendas e veja além!




É tão mais fácil se limitar a ver o que está na cara... ler nas entrelinhas, ver o que esrá por traz de tudo é que é o dificil!
A maioria das pessoas [praticamente todas!] se limitam a apenas isso, ver o que está na sua frente e acreditar naquilo sem ao menos se questionar sobre ou pensar sobre o que está vendo...
Viu na tv...
Viu no Jornal...
Viu na Internet...
Ouviu no radio...
Viu, ouviu, viu...

e fica nisso, não busca ir além! As pessoas se limitam a usar as viseiras que lhes foram colocadas [principalmente pela mídia] e a não questionar ou pensar sobre nada.
A informação pronta, pensada por eles, é a única verdade absoluta.. e assim eles vão vivendo em seu mundinho de ignorancia, cercados de falsas verdades e iludidos com o mundo!
Um mundo de alienados e de bestializados!


domingo, 18 de maio de 2008

2 Comments:

Luan G. said...

Aline,

Como você pode fazer a afirmação que é "fácil se limitar a ver o que está na cara".

Você me parece incoerente, pois você disse em uma postagem anterior, que o povo é educado, para ser um cidadão modelo, como você agora diz que é mais fácil ver o que está na cara...
Não e mais fácil, nem mais difícil, o povo e educado para receber, engolir e ponto, sem muito mais a pensar.
Como você pode questionar um povo, que é dominado a mais de 200 anos, por isso digo essa condição existe porque diexamos nós levar, a educação liberta/aprisiona.

Daniel [The J0k3r] said...

O grande problema da humanidade (ou de boa parte dela), acredito eu, é de viver no que classifico como "Seus pequenos e medíocres mundinhos". Ou seja, ninguém vê além daquilo que lhes oferece para ver.
É fácil, a exemplo, culpar os membros do governo por abastecerem seus cofres pessoais com o dinheiro público que poderia ser usado na educação. Mas será que se este fosse usado para equipar as escolas públicas com bons equipamentos e bons professores, faria alguma diferença???
Sinceramente acho que não: a população não busca nada melhor, se contenta com aquilo que tem. Geração após geração criou-se uma cultura de que que estes não poderiam ser nada mais do que já são. Vide os adolescentes que só querem curtir a vida, dançar, namorar, e não buscam nada além disso, jovens esse que acham que a leitura é "coisa de otário", que faculdade é "pra playboy"! Eles não buscam mais, não querem mais, só pensam pequeno, vivendo assim em seus "mundinhos" particulares, dia após dia.
Parece até uma atualização dos antigos dogmas religiosos da idade média, onde qualquer coisa era "porque Deus quis!", ou seja, nada se pode fazer contra isso. É também a prova viva do Mito da Caverna de Platão.
Por isso, acredito que o destino comum da sociedade humana é o de se auto-destruir, que esse "abismo-social" que separa as classes sociais só aumentará, dia após dia, até que o próprio abismo "engula" ambos.