Um blog.

Nada pra se fazer, uma idéia ou revolta em mente e um pc. Obviamente que isto resulta num blog para muitas pessoas. Sempre quis ter um blog, mas nunca tinha coragem de fazer um até o dia em que um dos meus muitos [2] leitores, Leandro, me incentivou a começar isso aqui por onde as vezes eu apareço pra escrever algo que preste [ou não].
Muitas vezes passo por outros blogs: poesias, diários, revoltas, palhaçadas, informativos... e assim vai. Daí as vezes paro pra pensar no que faz com que uma pessoa tenha um blog. Na maioria das vezes noto que é uma necessidade de se expressar [jura?! dãaaa] que muitas vezes a pessoa não tem em seu dia-a-dia, outras vezes em busca de quem pense igual, ou apenas pra dizer o que quer. No meu, por exemplo, coloco nos momentos de ócio [ou não] algumas coisas que penso, ou paro pra ler um daqueles que está na listinha aí ao lado. Neste momento mesmo, estou escrevendo um texto inútil, que alguém perderá seu tempo lendo, pois não tenho [na verdade estou fingindo que não tenho] nada melhor pra fazer.
Ter um blog na verdade é uma terapia, é revigorante [ou angustiante, depende do seu ponto de vista] mesmo que quase ninguém leia o que você escreveu. Um blog também pode te ensinar muitas coisas diferentes para as pessoas, desde coisas brilhantes até algumas putarias[o meu me ensinou que não sei escrever. Estou tendo uma aula pra isso na faculdade, pois parece que não fiz um bom trabalho na escola primária! haha].
Bem, vou parando por aqui, pois você já deve estar se interrogando sobre o por quê de estar lendo isso, que não passa de um devaneio de um momento de ócio de mais uma jovem deste mundo insano. See you, honey.

sábado, 7 de março de 2009

4 Comments:

Thales Vinicius said...

eu fiz o meu blog, porque vocÊ disse para eu fazer! não gosto muito de me expressar através da escrita ( ou digitação)! é chato, prefiro conversar e é por isso que eu não posto muita coisa no meu!
Uma vez eu li um texto que falava que as pessoas que nao se comunicam com as outras sao consideradas idiotas ( por isso o termo) e não são capazes de saber se o seu "ver" do mundo esta de fato correta ou não. E vejo que escrever num blog ( ainda mais aquele que não é popular, como o meu ) é a mesma coisa de ser considerado um idiota, pois estou "falando" com quem?expressando as minhas ideias e minhas indagações a quem?As vezes fazendo textos ridiculos, os quais as pessoas leêm sem muita atenção e fazem um comentario qualquer!
acho que um blog é coisa de pessoa solitária, porque se for para mostrar ao mundo os coisas que você pensa é mais facil entrar em um chat ( sem ser de paqueras ou coisas relacionadas) e começar um debate!ou conversar com o seu amiguinho sobre as coisas que te fazem indagar!
Por isso que não escrevo mais no meu blog e quando eu voltar a postar algo será o sinal de que estou muito [i]solitário[/i]!
Só isso!

Aline said...

de certa forma é solitário mesmo... mais muitas das coisas que posto não tenho com quem falar no momento que quero... ou simplesmente querocolocar pra que outras pessoas vejam, mesmo que quase ninguém visite isso aqui! rs

Leandro Marlon said...

Haha, um blog serve para o quê a pessoa quiser. Alguém quer simplesmente esvaziar a mente de pensamentos, então, escreve... Outros, precisam de um caminho, logo, escrevem...
E para variar, vou discordar do matemático. Um blog não é para pessoas solitárias e muito menos ter um blog necessita que alguém tenha de ler. Um blog vai além de simplesmente ser popular ou ter carinho reconhecido por dezenas de pessoas - não que eu não goste de ouvir que escrevo bem -, porém, vai além...
Engraçado você escrever sobre debates... pois quando começo um com você você diz que é chato... se fosse o mundo como descreveu, seu blog deveria ser recheado de textos, ;D
Cada um com seu cada um, mas, se for generalizar, mantenho o quê eu disse.

Silas said...

eu criei meu blog para poder arquivar meus pensamentos, acho o sistema de save daqui melhor que do word.
bom, e tenho a chance de receber críticas e elogios.
mas, é isso quando eu releio o que escrevi, lembro do que se passou na minha mente naquele dia.
é um bom sistema, prefiro não ocupar espaço, do que enxer vários cadernos e depois jogar fora.
é isso arquivar.
lembrei do filme "Todo poderoso".
é mais fácil de ler as orações por um sistema como o computador e o email.
é mais prático, não vai ter poeira em nossos arquivos e não tem chance de pegar fogo, é a melhor forma de backup.
puxa posso escrever horas sobre isso, huahauhahuhahuhua
tem muitos grupos diferente de pessoas no blog com pensamento diferentes.

visite meu blog, http://silas989.blogspot.com/