5 minutos.

Enquanto a água para o café não ferve, decidi aparecer aqui. Pra variar, só decido escrever quando não tenho tempo. Hoje é um desses dias. Mas ter ou não tempo é uma coisa relativa, varia, e muitas vezes tem-se mais tempo para o que não se quer, do que para o que realmente se quer. Passo muito tempo sozinha, e percebo que não sei administrar o tempo que tenho, embora eu sempre arrume tempo para coisas/pessoas que quero, a custo de me 'esfolar' depois para recuperar o tempo que deveria ser de outra coisa. Tempo é uma coisa que me deixa estarrecida algumas vezes... Queria entender por quê falta. As vezes tudo o que se precisa são de 5 minutinhos, mas esses 5 minutos não existem. Isso cansa. Cansaço vai muito além do simples corpo físico. Ando cansada de muita coisa, e as vezes não sei como reverter situações. Aprendi a calar, a ser menos notada e a não interferir... difícil ir contra isso depois de institucionalizado. As vezes quando estou cabisbaixa e alguém pergunta o que houve respondo com um simples 'cansaço'. Não é mentira, mas não denota o que realmente é. Sei lá, as vezes acho que tudo o que falo é meio sem sentido, ou não tão grande quanto imagino... mas ainda não sei como desfazer. Uma hora vai.
Agora vou lá que meu café me espera. Servido?

quarta-feira, 4 de agosto de 2010