O país depois de domingo.

As eleições passaram. Eu militei, defendi minha causa, e combati as lutas que achei necessárias. Quase morri de ansiedade esperando a liberação da apuração dos votos para presidente, e de desgosto com o resultado para governador. Comemorei o resultado da presidência. Fiquei realmente feliz e aliviada, e me permiti comemorações. Mas quando paro para pensar nisso tudo e o depois sinto um vazio.
Esse vazio eu acho que vem de tudo o que vem acontecendo. Tem muita coisa para se mudar no governo sim, mas cada vez mais tem coisas para se mudar nas pessoas. Tão fechadas. Tão cheias de si. Tão cegas, seja pelo ódio, seja por não quererem aceitar outros pontos de vista. Isso vai acabar trazendo problemas muito em breve.
Eu prefiro tentar ignorar isso, mas esse incômodo continua, e eu não sei o que fazer. Não sei como ajudar aos outros, nem como me ajudar. Fica difícil fazer algo por quem não quer ajuda. Então com o proceder com o rumo que a atual sociedade toma? Deixar explodir a Terceira Guerra Mundial, ou tentar fazer crescer os caminhos da paz, por mais que eu acabe falando ao vento?
Está difícil de saber.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

0 Comments: